Gestão

Directorio AEGFA

“As empresas buscam cada dia mais tecnologia e inteligência artificial para potencializar resultados”

Entrevista com Rony Neri, diretor Latam da Trimble Transportation.


 

Pesquisa “Tendências para Gestão de Frotas e Logística 2024”, realizada pela Trimble Transportation com 350 profissionais da área, apontou o uso de tecnologias como diferencial estratégico para o setor.
O estudo revelou quais devem ser os três principais desafios para o setor neste ano: custo de combustível (com 53%), mão de obra qualificada (51,4%) e adequação de soluções tecnológicas (33,6%).
Segundo a pesquisa, 74,8% dos profissionais pretendem investir em tecnologia para gestão de transportes ainda este ano, sendo que 39,41% do total já tem orçamento previsto para isso. 

Nesta entrevista à AIAFANews Digital, Rony Neri, diretor Latam da Trimble Transportation, comenta este e outros resultados do levantamento e afirma como os gestores de frotas devem se preparar para adotar novas tecnologias, como a inteligência artificial (IA), e assim garantir mais eficiência operacional e se destacar no mercado. 

AIAFANews Digital – Os profissionais entrevistados apontaram que as maiores preocupações do setor para 2024 são: custo de combustível, mão de obra qualificada e soluções tecnológicas. O que esses pontos revelam sobre os desafios que gestores de frotas enfrentarão neste ano?

Rony Neri – O estudo de tendências para este ano nos apresentou as preocupações dos gestores do setor em pontos que vão desde custos até inovação. Do ponto de vista de custos, o combustível lidera, pois, ano após ano, continua sendo o maior desafio das empresas, e neste ponto exige investimentos altos em novas frotas para maior eficiência energética, por exemplo.

Outro ponto é a falta de mão de obra qualificada, a escassez de motoristas que, inclusive, possam interagir com processos mais alinhados é um alerta de gestão.

E no top 3 de desafios: as soluções de tecnologias, trazidas pela pesquisa como o principal diferencial do mercado. As empresas estão buscando cada dia mais tecnologia e inteligência artificial para potencializar resultados, evitar acidentes e fazer uma gestão completa e analítica de cada parte do processo.

Contudo, há motivos para otimismo. Acredito no poder do uso de dados e na integração de sistemas como ferramentas essenciais com grande potencial para amenizar esses custos e auxiliar o controle da operação ao aproveitarmos os insights fornecidos pelos sistemas de forma inteligente.

A tecnologia é uma aliada para a gestão do transporte efetiva. Utilizando os recursos como parte integrada da operação, é possível efetuar melhorias, como otimizar rotas e realizar o controle de combustível, impulsionando a eficiência operacional e, consequentemente, a redução dos custos no processo.

Para os entrevistados, as prioridades para este ano é segurança, disponibilidade da frota e capacitação de motoristas. O que os gestores de frotas podem esperar de novidades e tendências em tecnologias para atender essas áreas?  

Neri – A tecnologia vai promover mudanças significativas para o setor, especialmente a inteligência artificial, contemplando soluções para otimizar a gestão de frotas. Isso inclui otimizar fluxos, reduzir custos e manutenções, capacitar a mão de obra, para, assim, evitar acidentes e contribuir com resultados de sustentabilidade.

Além disso, o uso de IA possibilita a previsão de acidentes, fornecendo dados em tempo real sobre o desempenho da frota para melhorar a segurança. Temos, por exemplo, o sistema Trimble Duo Display, que fornece feedback em tempo real aos motoristas, contribuindo na capacitação para elevar suas habilidades de direção e reduzir o risco de acidentes nas estradas.

Essas inovações auxiliam na otimização da produtividade da operação e também contribuem para a sustentabilidade, reduzindo as emissões de CO2.

Para a Trimble, como os gestores de frotas devem se preparar para as inovações que vêm aí, como o uso da inteligência artificial na gestão de frotas e de mobilidade?  

Neri – A pesquisa nos revelou que temos o dobro de respondentes dedicados a áreas como “Planejamento, Projetos e Inovação”. Como o mercado agora está com foco em conhecer e utilizar inteligência artificial para se destacar entre os concorrentes e otimizar o trabalho de toda a operação, é importante que os gestores entendam bem de suas produções, conheçam de maneira mais profunda os benefícios do uso dessas tecnologias e conecte toda a empresa para melhor uso de todos os dados e decisões assertivas que a tecnologia proporciona.

Aposte em estratégia eficaz que envolve análises, planos de ação estratégicos com base em dados relevantes e promova uma cultura na gestão da operação que valorize a tomada de decisão embasada em dados.

É essencial existir uma conexão entre os departamentos para elevar a confiabilidade e o uso de dados disponíveis para tomadas de decisões assertivas.

Os gestores de frotas devem se preparar não apenas para adotar novas tecnologias, como a inteligência artificial, mas também para transformar a maneira como toda empresa realiza a análise de dados, garantindo maior eficiência operacional e se destacando no mercado atual.

 

Artigos relacionados

Directorio AEGFA